Cinco grandes times do League of Legends nacional estão ameaçando boicotar o 1º Split do Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2016, por conta da relação estranha entre INTZ e RED Canids, revelada nesta semana.

Diretores de paiN Gaming, Keyd Stars, g3nerationX, CNB e-Sports Club e KaBuM decidiram, em conjunto, que seus times não irão participar da competição se não forem tomadas providências com o RED Canids. As organizações querem que o caso seja investigado e os envolvidos punidos.

 

Vai-e-vem-Do-cblol

A INTZ que foi constituída no fim de 2015, tem como investidores a namorada e o filho dos donos do INTZ. Dinara Guzairova é a companheira de Lucas Almeida Simon e Luan Rodrigo Florencio de Almeida é filho de Rogério “Formiga”.

Nos bastidores, o mistério em torno de quem eram os responsáveis pelo RED Canids vinha irritando os donos das equipes do CBLoL. Quando foi anunciada, a organização disse que a empresa havia sido criada por um grupo de investidores, cujos nomes nunca haviam sido revelados por RED Canids, INTZ e Riot Games Brasil, sendo que os times sabem quem são responsáveis por todas as outras organizações.

Diante da relação familiar entre as duas organizações, apesar de as equipes terem CNPJ, nomes e quadros associativos diferentes, os donos dos times aproveitaram uma reunião marcada anteriormente com representantes da Riot nesta sexta-feira (8) para cobrar uma posição sobre a polêmica.

Insatisfeitos após a reunião, realizada na arena MAX5, em São Paulo, os donos dos cinco times anunciaram a intenção de não disputar o torneio.