Em seu Facebook oficial, Felipe “brTT” Gonçalves fez um grande desabafo sobre sua atuação situação (como reserva) e sobre a derrota da paiN Gaming, que perdeu daINTZ na semifinal desta etapa do CBLoL 2016.

Afirmando que “não é legal ser reserva”, o jogador explicou que teve um sentimento de incompetência durante este split e que não podia fazer nada a respeito. “Foi a primeira vez em 4 anos que não joguei, tive que simplesmente só assistir e as pessoas estavam mais preocupadas em apontar o dedo do que simplesmente se importar se eu estava bem com tudo isso”, disse.

O atirador também comentou o paradoxo da situação, quando muitos esperavam que ele se revoltasse e virasse o vilão da história e outros achavam que ele estava se colocando no lugar de vítima. “Essa situação toda é sufocante. Eu me vejo em uma posição que eu não sei o que falar sobre o assunto porque qualquer coisa pode parecer um tiro pra algum lado e eu não preciso disso”, desabafou.

Entretanto, deixou bem claro que não tem motivos para deixar que seu orgulho supere o respeito que sente por sua equipe. Inclusive, sobre isso, afirmou ter ficado feliz com o resultado da semifinal, mesmo que o time não tenha conseguido a vaga na final.

“Eu fiquei feliz com o resultados de hoje, os garotos deram um show nessa semi e não vejo motivos pra terem um gosto amargo na boca quando forem dormir hoje”, disse. “O menino Taeyeon mandou bem, fiquei orgulhoso dele.”

O atirador lembrou, também, que não adianta tentar imaginar como seria se ele tivesse jogado, “pois o time preferiu assim e se sentiu melhor jogando assim”, sem ele. “Não precisamos de mais ódio, já tem ódio demais por aí. Não precisamos de torcida do brTTcontra o time da paiN, frisou.

Por fim, brTT ainda dispensou os boatos de que estaria se aposentando, afirmou que irá voltar e pediu o apoio da torcida, condenando a distribuição de ódio por ele. “Eu preciso de vocês do meu lado, me dando apoio, me acompanhando, rindo comigo nas streams. (…) Não achem que vou me aposentar, vocês me conhecem e sabem que eu nunca deixaria o show acabar desse jeito. Eu vou voltar”, finalizou.