Após faturar o International Wildcard Qualifier, intrépidos caem na chave “C” da principal competição de League of Legends no mundo.

 

A INTZ já sabe quem serão os adversários no Mundial de League of Legends 2016. Representante brasileiro na competição, os intrépidos caíram no chave C ao lado da EDG (China), AHQ (LMS) e H2K (Europa). A análise é de que a equipe paulista escapou do grupo da morte e ficou em uma combinação com classificação possível. O sorteio foi realizado neste sábado, nos Estados Unidos, país sede da competição. A fase de grupos começa no dia 29 de setembro, em São Francisco. Ao todo, são 16 equipes brigando pelo título e pelos prêmios que somam US$ 2 milhões (R$ 6,4 milhões, de acordo com a cotação atual).

Depois de faturar o International Wildcard Qualifier disputado no Brasil, na última semana, a INTZ será a única equipe da América do Sul presente. Acompanhando o sorteio do Brasil, os integrantes dos intrépidos apareceram na transmissão local comemorando o resultado do sorteio. O grupo da morte acabou ficando com a chave B, que está configurado com Flash Wolves, SK Telecom, atual campeã, Cloud9 e I May.
Todos os times se enfrentarão dentro do grupo em sistema de ida e volta. Agendados para São Francisco, no Bill Graham Civic, os jogos da primeira fase serão todos disputados em sistema de melhor de um. Os dois melhores de cada chave se classificam para as quartas de final, que será disputada no Teatro de Chicago. A partir desta fase, as partidas passam a valer em sistema de melhor de cinco em série única. As fases finais serão realizadas em palcos lendários. A semifinal no Madison Square Garden, em Nova Iorque; e a final no Staples Center, em Los Angeles.
A INTZ chega ao Mundial de League of Legends após lavar o cenário nacional. Num intervalo de um ano e meio, os intrépidos chegaram em todas as finais que disputaram faturaram duas vezes o CBLoL (1° e 2° split de 2016) e o International Wildcard Qualifier (2016). O time paulista será o terceiro representante brasileiro na principal competição de LoL no mundo. Kabum e Pain Gaming já havia conseguido o feito. A dupla, porém, não conseguiu classificação na fase de grupos.