Em uma final emocionante de 5 partidas, a SKT chega a seu terceiro título mundial de League of Legends

A SKT1 dominou os melhores do mundo de novo e, assim como em 2013 e 2015, levantou o troféu, tornando-se o primeiro time do planeta a ser campeão, por três vezes, da mais importante competição da modalidade.

Mesmo sendo uma grande favorita, o caminho até o título não foi nem um pouco fácil. Depois da semifinal contra a ROX Tigers, achei que nada conseguiria ser mais emocionante. Grande engano meu. Pois a final teve 5 partidas e um equilíbrio gigante e decidido nos mínimos detalhes.

Mesmo chegando com desconfiancas, porque, na Coreia do Sul, teve atuações inconstantes. Depois de vencer a LCK Spring 2016, a SKT1 caiu de produção e amargou a 3ª colocação da LCK Summer 2016. Entretanto, um time com tanta tradição não se abate por adversidades e a SKT mostrou a todos que merece ser respeitada.

Na decisão, disputada na arena Staples Center, diante de 15 mil espectadores, a SKT1 teve início melhor e abriu larga vantagem. Porém a Samsung se superou e mostrou que não estava para brincadeira.

No primeiro embate, a SKT dominou por quase toda a partida, mas a Samsung se recuperou. Entretanto, a SKT tomou melhores decisões e acabou vencendo.

Na partida seguinte, a SKT abriu vantagem e todos achavam que a final seria um sonoro 3 a 0. Grande engano.

Na terceira partida, que durou mais de 70 minutos, a Samsung se superou e venceu, dando um fôlego e fazendo o público aplaudir de pé a final.

Na quarta partida, mesmo com equilíbrio, a Samsung conseguiu aproveitar as oportunidades e venceu, levando para a última é decisiva partida.

No último embate, a SKT mostrou o peso da camisa e se impôs perante seus adversários. Faker e companhia deram um show e conquistaram o mundial de 2016.

Dos seis capítulos da história do cenário competitivo internacional de League of Legends, a SKT venceu 3.

A cada ano que passa, o mundial de League of Legends está mais equilibrado. Mesmo com mais uma vitória dos coreanos da SKT, podemos perceber que as outras regiões vem crescendo e conseguindo jogar em pé de igualdade perante a hegemonia coreana.


SK Telecom T1

Lee “Duke” Ho-seong (Solo Top)
Bae “bengi” Seong-woong (Jungler)
Kang “Blank” Sun-gu (Jungler)
Lee “Faker” Sang-hyeok (Mid Laner)
Bae “Bang” Jun-sik (AD Carry)
Lee “Wolf” Jae-wan (Support)

Kim “kkOma” Jeong-gyun (treinador)