Confira mais 6 dicas úteis para o Dark Souls 3 – O grande (e difícil) jogo da Bandai Namco

Dica #1 Direto para o Santuário

Após criar seu guerreiro e iniciar o jogo, apenas ignore os primeiros inimigos. Corra em direção à primeira fogueira e a ative. Em seguida, parta rumo ao encontro do primeiro chefe, Iudex Gundyr.

O primeiro inimigo não é exatamente forte(para os padróes de Dark Souls), e a primeira fogueira não permite evoluir o personagem, não há sentido em carregar almas nesse confronto. Uma vez derrotado o inimigo, siga diretamente para o Santuário do Elo do Fogo, onde é possível melhorar armas, evoluir, viajar para outras áreas, definir a relação entre frascos de cura e de recarregamento de magias entre outras coisas. Chegar até ele é o primeiro passo.

Dica #2 Itens valiosos e escondidos

No Santuário, vá em direção à sua entrada e, olhando para a porta de saída, pegue à escadaria à sua esquerda. Ela levará à uma área externa, na qual encontra-se uma porta fechada, uma árvore seca e um telhado, aparentemente, inalcançável.

É possível, porém subir nele. Para isso, tire todas as partes de sua armadura e desequipe sua arma. Corra em direção à raíz da árvore e a use como plataforma. Completar o salto requer algumas tentativas. Seguindo o caminho no cenário, você chegará até vigas de madeira na parte interna do teto do Santuário. Há dois itens a serem pegos ali: o Anel da Serpente Prateada, que dá mais almas por inimigo derrotado, e um Fragmento de Estus, que permite aumentar o número de itens de cura carregados.

Dica #3 Uma arma elegante

De volta ao Santuário, é hora de conseguir uma boa arma para se sobressair diante dos primeiros inimigos. Saindo pela porta principal do local, vire imediatamente à direita e siga o caminho. Tome cuidado com dois inimigos escondidos em uma escada à direita e siga, até chegar no local da imagem acima.

No topo da escadaria haverá um inimigo equipado com uma longa katana. Seus ataques são rápidos, porém fáceis de serem evitados com rolamento. Após derrotá-lo, o prêmio será 2 mil almas – que devem ser usadas para subir de nível no Santuário – e uma arma chamada “Uchigatana”. Mesmo que ela não possa ser utilizada da maneira ideal no início do game, ela possui atributos como dano por sangramento e certamente é forte contra os primeiros inimigos.

Dica #4 Onde tudo começou

Hora de voltar. Por meio da fogueira no Santuário, volte ao início do jogo, no Cemitério das Cinzas. Siga para a direita, em direção à primeira área do jogo, matando os inimigos até um o caminho alagado a esquerda.

Na área aberta à frente, você encontrará um lagarto de cristal gigante. É possível derrotá-lo, mas é muit demorado e difícil. Ao invés disso, a melhor opção é atraí-lo em direção à fogueira de onde você veio e fazer com que ele use o ataque de rolar, o que fará com que ele caia no precipício, rendendo cerca de 4 mil almas para você e também uma Escama de Titanita, item utilizado para aprimorar suas armas.

Dica #5 Hora de tocar o terror

Com as almas coletadas do primeiro chefe, do inimigo da katana e do lagarto gigante, já é possível chegar próximo do nível 17, dependendo da classe escolhida. Nessa hora, o recomendável é voltar para a primeira fogueira e refazer o caminho desde o início do jogo, coletando itens e matando inimigos – a área ao redor do Santuário também possui vários caminhos alternativos. Com sorte, é possível conseguir almas para mais dois níveis.

A evolução do personagem fica a cargo das preferências do jogador. Uma análise detalhada de cada atributo permite distribuir os pontos de forma a fazer com que o personagem se enquadre no seu estilo de jogo. Caso deseje, contudo, utilizar a katana obtida de maneira totalmente eficiente, recomenda-se que o atributo “Destreza” esteja com pelo menos 16 pontos.

Dica #6 Encare o jogo sem piedade

Temos uma certeza: “Dark Souls III” não tratará bem o jogador. Então não há porque abordar o jogo de forma convencional. Nesse sentido, há três dicas básicas:

1 – Não dependa de escudo caso se você não usa uma classe pesada, rolar para longe dos inimigos é muito mais efetivo na hora de desviar de ataques.

2 – Algumas vezes é bom investir em uma arma de longo alcance ou magia, permitindo o ataque inimigos distantes evitando o combate direto.

3 – Por fim, use a morte a seu favor: ao entrar em um novo cenário sem estar carregando almas, simplesmente corra e explore o ambiente, mapeando inimigos e descobrindo armadilhas e caminhos. Mesmo que morra, evitará surpresas.