Não é de hoje a iniciativa das produtoras de revisitar seus títulos de maior sucesso e relança-los para uma nova geração. Sim, os remakes estão em alta e em todo lugar – alguns bem justificáveis e outros, bem, nem tanto.

E Tim Schafer deve ter pensado exatamente isso quando decidiu lançar pela sua empresa, a Double Fine, versões remasterizadas dos seus adventures da era de ouro dos PCs, originalmente publicados pela Lucas Arts.

Desde 2009 temos a oportunidade de rever clássicos como os 2 primeiros Monkey Island em versões totalmente remasterizadas. É demais poder acompanhar os primeiros passos do aspirante a pirata Guybrush Threepwood com gráficos e som atualizados e, olha só, dublados com as vozes originais dos jogos mais atuais.

Agora, em 2016, a bola da vez é o Day of The Tentacle. Lançado inicialmente em 1993, como uma sequência direta de Manic Mansion, o jogo é marcado pela diversão nonsense, humor negro e, claro, os puzzles insanos que eram padrão pra época.

Mas será que 26 anos depois a fórmula ainda funciona? Afinal estamos falando sim de um point-and-click onde você usa uma privada para viajar no tempo afim de frustar os planos malignos de um tentáculo roxo. Difícil ser mais maluco que isso, certo?

Por mais que esse estilo de jogo esteja em baixa hoje em dia, o game resiste sim ao teste do tempo. Day of The Tentacle Remastered funciona em toda sua glória. Primeiramente, os verbos foram substituídos pelo sistema mais simples de ícones de ação, deixando tudo mais intuitivo. O gráfico e som da versão remasterizada não alteram nada do clima original do jogo e o enredo continua divertido como nunca.

Os personagens são carismáticos e alterar detalhes do passado pra ver suas consequências no futuro ainda é bem legal de se fazer. Mas uma coisa que deve ser dita é a dificuldade do jogo. Como eu já disse, os puzzles são insanos e nem sempre são lógicos, então prepare-se para passar uns bons dias coçando a cabeça e tentando combinações malucas de itens para avançar no game.

E como cereja do bolo, o game ainda traz seu antecessor, o Maniac Mansion, na íntegra dentro do gameplay.

Por um precinho até bem salgado na Steam (R$ 27,99) , o game cumpre o que promete, seja pela curiosidade de conhecer um clássico ou pelo saudosismo de revisitar a ‘mansão maníaca’ de Dr.Fred.

E que venha 2017 com Full Throttle Remastered.

Disponível para:

Ps4, Ps Vita, iOS, Steam.