O Mundial de League of Legends se aproxima e, com ele, o final de mais uma temporada do jogo. Com isso, a Riot Games publicou um grande texto explicativo para mostrar o que pretende fazer antes, durante e depois o Mundial e a pré-temporada, principalmente em relação à mecânica do game. Confira!

 

Torres e Dragões

Uma mudança recente nas torres adicionou um bônus em ouro pela destruição da primeira torre do jogo e a retirada do efeito de fortificação das torres na rota inferior. Segundo a desenvolvedora, apesar de as mudanças ainda não terem sido completamente analisadas no competitivo profissional, os resultados nas partidas normais e ranqueadas foram positivos, trazendo mais interação no início do jogo.

A Riot Games também revelou que pretende realizar uma pequena mudança na Inteligência Artificial das torres antes do Mundial, modificando os pedidos de ajuda (torres agredindo inimigos que atacam os campeões que estão próximos a elas) para que eles funcionem se o campeão inimigo estiver embaixo da torre, mas sua vítima estiver mais afastada.

“Ainda precisamos dar uma olhada na memória da torre, que faz com que as torres se lembrem dos Campeões que foram alvos recentemente (e não apenas no momento atual) e os priorizem caso percam o alvo atual. Achamos que é um ponto promissor como forma de adicionar um risco adequado à agressão dos caçadores da selva; mas no momento seria uma ruptura muito grande”, adicionou.

RIOT GAMES

Torres de League of Legends passarão por mudança antes do Mundial
Torres de League of Legends passarão por mudança antes do Mundial

 

Já sobre os dragões, a empresa afirmou acreditar que eles estão em uma boa situação em termos de percepção e de atributos e que não tem planos de mudanças para eles. “Recebemos feedback dizendo que às vezes não vale a pena pegar o Dragão Ancião. Porém, a intenção não é pegar o Dragão Ancião em todas as partidas, pois ele geralmente só é uma boa opção se você tiver muitos acúmulos de dragões e um controle decente do mapa (ou disposição para confrontos de equipe)”, finalizou.

 

O Mundial

Marcado para acontecer em outubro nos Estados Unidos da América, o Mundial deLeague of Legends será jogado na atualização 6.18, por isso as atualizações 6.17 e 6.18terão como foco o balanceamento para o cenário profissional. Espere por nerf de campeões fortes como Ashe, Jhin, Gragas e Trundle, além de melhora em campeões como Jayce, Draven e Malphite. A Riot também está trabalhando na melhora da clareza do jogo, visando remover a poluição visual e aprimorar a comunicação de equipe.

Enquanto isso, o período entre as atualizações 6.19 e 6.21 será de poucas mudanças. “Queremos manter o jogo bem parecido com a versão que será jogada no Mundial e focar no desenvolvimento da pré-temporada que se aproxima”, explicou a desenvolvedora. Com algumas mudanças de balanceamento mais brandas, o período deve contar também com o aguardado rework de Yorick e possivelmente um novo campeão.

RIOT GAMES

Teaser do rework do campeão Yorick publicado esta semana pela Riot Games
Teaser do rework do campeão Yorick publicado esta semana pela Riot Games

 

 

A pré-temporada e o depois

A pré-temporada está atualmente programada para acontecer na atualização 6.22 ou na 6.23. De acordo com a desenvolvedora, os pontos centrais desse períoso serão os assassinos, além de alguns itens que também devem sofrer alterações para apoiar as necessidades destes personagens. Outras questões também devem ser abordadas, como Talentos, a obrigatoriedade dos suportes de comprarem a Égide, recompensas em ouro/exp por farmar em vez de se mover pelo mapa etc.

Depois da pré-temporada, a Riot afirmou que pretende fazer uma grande mudança: alterar para 10 os banimentos de modo Alternado. Entretanto, antes disso, a desenvolvedora deve resolver outras questões que envolvem não deixar a seleção de campeões ainda mais longe, garantir que a maior capacidade de banir uma posição não crie problemas com a quantidade de campeões que um jogador precisa para conseguir jogar bem e o fato de que adicionar quatro banimentos aumentaria em quatro vezes o número de campões necessários para se jogar uma partida ranqueada.

Por fim, a Riot afirma estar interessada dar uma olhada no sistema de Runas ainda este ano e focar nessa funcionalidade em 2017 (a partir do meio do ano).

Para conferir todas as mudanças programadas e detalhadas pela Riot Games, clique AQUI.