A liga de StarCraft mais antiga do mundo chegou ao fim. A Korean eSports Association (KeSPA) anunciou nesta terça-feira (18) o encerramento da ProLeague, competição iniciada em 2003, na Coreia do Sul. País onde o já foi dominante.

Em comunicado, o presidente da KeSPA, Jun ByungHun, mencionou a falta de patrocínios e o dissolução de equipes do cenário sul-coreano como principais motivos para a decisão. Com o anúncio da KesPA, cinco organizações encerraram suas divisões de StarCraft: SK Telecom T1, KT Rolster, Samsung, CJ Entus e MVP.

“A decisão de colocar os últimos 14 anos para trás e descontinuar a ProLeague foi uma tarefa difícil. Profundamente me entristece ter que também lhe trazer a notícia de que a KeSPA irá parar suas operações com as equipes da ProLeague”, disse o presidente, ressaltando que a associação continuará buscando formas de ajudar os cyber-atletas do país.

Apesar de ser um jogo individual, a ProLeague era uma liga disputada pelas equipes. Jogadores das organizações se enfrentavam em duelos 1×1 em sete confrontos. O time que vencesse mais vezes levava a melhor no duelo e somava os pontos na liga.

OPINIÃO

Todo jogo, como um produto, tem o seu ciclo de vida. Starcraft é o jogo mais importante da história do E-sport. Sem ele, nada aconteceria. Foi o primeiro a ter organização, campeonato nacional, mundial, ranking. Então todos os jogadores de LOL, DOTA, CSGO e outros games competitivos tem que agradecer o vovô Starcraft.

O jogo não acabará. Acho que ele encontrará seu nicho. Se até o Warcraft 3 ainda tem seu competitivo, Starcraft não ficará de fora.

O que pode acontecer também, é a gigante Blizzard entrar em ação, com Starcraft 3( não acredito muito nisso não. Ela está bem focada em Overwatch e ainda está trabalhando novamente no Warcraft).

SC sempre!