Team Ambush, time de Heroes of the Storm da Universidade de Harvard, dos Estados Unidos, foi desclassificado da seletiva do Heroes of the Dorm 2016, campeonato universitário da modalidade, organizado pelo The eSports Association (TeSPA).

Em comunicado, o comitê organizador anunciou que a equipe foi desclassificada por ter violado várias regras que colocaram a integridade do torneio em risco. “Uma investigação realizada em conjunto pela TeSPA e pela Blizzard revelou que um integrante do Team Ambush estava compartilhando sua conta na Battlet.net com um jogador de nível maior que não estava inscrito pela equipe durante os jogos do qualificatório”, informou a organização. Os envolvidos não tiveram os nomes revelados.

De acordo com a TeSPA, os estudantes pegos compartilhando as contas Battle.net, assim como aqueles que as usaram, estão banidos permanentemente de todos os torneios organizados pela associação. Os envolvidos sofrerão ainda medidas disciplinares por parte da Blizzard, não reveladas.

O Team Ambush não foi o único a ser desclassificado do torneio por trapaça. Na 1ª Rodada, o Team Hot Boys, da Universidade de Michigan, dos Estados Unidos, foi punido por também ter utilizado um jogador de forma irregular. A equipe não chegou a disputar o jogo contra o Real Meme Team, da Universidade de Utah.

A equipe de Harvard estava entre as 16 que ainda brigavam pelas quatro vagas na Fase Final da competição, que será disputada nos dias 9 e 10 de abril, no CenturyLink Field Event Center, em Seattle, nos Estados Unidos. O Golden Mishas, da Universidade de Berkley, da Califórnia, herdou a vaga após vencer o Team TILT, da Purdue University Indianapolis, por 2 a 0 na 2ª Rodada. O time enfrentará agora o Droo’s Dudez, da San Jose State.

O classificatório vem sendo disputado, pela internet, desde o último sábado (19), com a participação de 800 times de universidades de Canadá e Estados Unidos. Os quatro finalistas serão conhecidos neste domingo (27). A premiação total da competição é de US$ 500 mil em bolsas de estudo.