Relatório de incidente C.O.L.M.E.I.A.
Código em violação: Homicida industrial
Situação do caso: não resolvido
Agente responsável: Rol, P.

Equipe respondeu ao relato de atividade suspeita e criminosa; prosseguiu à averiguação da fossa, Setor 90TZ. Setor 90TZ notavelmente deserto. Em seu lugar: um ralo, fumaça e gases tóxicos. Interrogatórios com a segurança privada indicam uma carência urgente de mais segurança privada.
A equipe de resposta desceu pelo ralo. Os restos tóxicos derreteram o material e criaram destroços. Dois sobreviventes localizados, um parcialmente liquefeito e pingando da calçada. Seis defuntos encontrados em meio aos destroços, três deles apenas parcialmente; dois parecem estar lá desde antes do incidente. As causas das mortes incluem desaceleração aguda, liquefação cáustica e/ou ferimentos fatais de besta. Não está claro se a destruição do laboratório foi a intenção em si do suspeito ou uma tentativa de cobrir seus rastros.

Sobrevivente 1 (Ra Qintava, pesquisador) trazido para interrogatório, mas incapaz de dar seu posicionamento devido a 1) stress pós-traumático e 2) liquefação da língua e da mandíbula inferior. Testes toxicológicos e prova da prótese em aguardo.

”Busca e Resgate” descobriu um possível barraco construído com restos. Itens recuperados incluem:

57 romances românticos ensopados, ilegíveis, com edições feitas a giz de cera
108 garrafas, sem rótulo (possíveis restos tóxicos ou restos de xampu)
90 quilogramas de goma de mascar (possível projeto artístico de instalação)
1 jarra de unhas do pé, rotuladas por dedo, data e humor
Sobrevivente 2 (Valori Olant, analista de lodo) em recuperação; recobrou a lucidez após prolongada eletrocussão terapêutica. Trecho da declaração transcrita abaixo:

V.O.: ALGO PRECISA SER FEITO –
ENFERMEIRA: Ela perdeu muito sangue…
P.R.: Seus colegas de trabalho perderam bem mais que isso…
V.O.: AQUELA COISA AINDA ESTÁ POR AÍ!
P.R.: Senhora, preciso que se concentre. Me diga com o que ele se parecia.
V.O.: COM UM RATO! (pausa)
ENFERMEIRA: Com o que?
P.R.: Quer dizer, um ratinho? Com olhos redondos? E cara de… rato?
V.O.: COM UM RATO AMALDIÇOADAMENTE GIGANTESCO! (pausa) ARMADO COM UMA BESTA! (pausa)
P.R.: (para a enfermeira) A anestesia dela precisa ser ajustada.
V.O.: VOCÊS NÃO ESTÃO OUVINDO! É UM RATO GIGANTE PSICOPATA E HOMICIDA!
DE COLETE!
P.R.: Enfermeira?
ENFERMEIRA: (fazendo uma aplicação intravenosa de sedativos em Olant) Pronto.
[EDITADO]
V.O.: Éramos apenas cientistas, trabalhando para transformar lixo humano em papinha barata para bebês… [EDITADO] Eu vi – não sei como descrever – este rato gigante e LOUCO, gritando conosco! Derrubando frascos! Cuspindo em nossa comida! [EDITADO] O laboratório estava selado. Havia lixo industrial por toda parte. Não havia por onde escapar. [EDITADO] Eu acordei no escuro. Bom… O ácido tinha derretido os meus olhos. Mas eu conseguia sentir o CHEIRO do bastardo a poucos centímetros do meu rosto. Ele disse, ”NINGUÉM ROUBA O SUCO DO TWITCH!”, riu como um maníaco e fugiu… Eu ainda posso sentir seu cheiro em minha mente. EU AINDA POSSO SENTI-LO–

Fim da transcrição. Deste ponto em diante a vítima só gritou e ainda não parou.

[ATUALIZAÇÃO: Qintava, testemunho escrito]
Sumário do suspeito, conforme relatos:
NOME / NOMES ALTERNATIVOS: ”Twitch”
GÊNERO: Macho (não confirmado)
IDADE: Desconhecida
ALTURA: 1,44m (curvado)
PESO: < 44,9 Kg (úmido)
FEIÇÕES EM DESTAQUE: É um rato gigante
STATUS: Em liberdade, armado, extremamente perigoso, NÃO ENFRENTAR

C.O.L.M.E.I.A. – Forçando o progresso!

Spells

Twitch-Spells

Counters

Twitch-Counters

Habilidades

Twitch-Habilidades

Itens

Twitch-Itens

Talentos

Twitch-Talentos