Com os confrontos decisivos já definidos, o International Wildcard Qualifer 2016 agora segue para Curitiba, onde terá sua próxima fase disputada nos dias 3 e 4 de setembro no teatro da Ópera de Arame.

Veja mais: Confrontos finais do Internacional Wildcard Qualifier 2016 (IWCQ)   –    INTZ JÁ SABE COM QUEM JOGARÁ NAS FINAIS DO IWCQ

O último dia da fase de grupos do Wildcard trouxe a prévia de um dos confrontos que garantirão uma das vagas no Mundial, Lyon Gaming do ADC WhiteLotus e Albus Nox Luna do suporte Likkrit.

A partida entre as duas equipes era muito aguardada por todos, porém, a Lyon Gaming não deu tanta importância para o confronto por já ter a primeira posição garantida na fase de grupos. Devido a isso, os campeões da LAN resolveram utilizar os picks da Yasuo e Kog’Maw no duelo, enquanto a Albus Nox Luna apostou numa composição mais convencional e garantiu a vitória, impondo a primeira derrota da Lyon Gaming na competição.

A equipe do site Mais e-Sports conversou com o ADC da Lyon Gaming, Matías “WhiteLotus” Musso, um dos destaques da competição até o momento, que revelou que a equipe está confiante para o confronto decisivo contra a Albus Nox Luna, que a derrota na fase de grupos não significou nada e que esperavam que o jogo da equipe campeã da CEI fosse melhor.

“O último jogo não significava praticamente nada pra nós. Os picks que usamos foram baseados em campeões que queríamos jogar e com isso tentar conseguir extrair algumas informações deles. Além disso, o que eles apresentaram na partida não nos surpreendeu, pelo contrário, pensei que eram muito melhores do que eles foram na partida, então estamos confiantes para Curitiba”

-WhiteLotus.

 

Questionado sobre um possível apoio da torcida brasileira em Curitiba, o ADC da Lyon Gaming disse esperar que os brasileiros estarão com a Lyon por conta da repercussão que ele tem acompanhado nas mídias sociais. No entanto, WhiteLotus revelou que a sua equipe tem experiência em jogar com torcida contrária.

 Além disso, WhiteLotus ainda contou que a Lyon Gaming só não desejava enfrentar a INTZ em Curitiba, pois acreditam que a equipe brasileira é uma das mais bem preparadas na competição.
“O único time que preferíamos não enfrentar em Curitiba era a INTZ. Quando vimos que nosso adversário seria ou Albus Nox ou Dark Passage, não tínhamos um adversário preferido, então dava meio que na mesma”, conta o jogador.

O confronto entre Lyon Gaming e Albus Nox Luna está marcado para o dia 4 de setembro, a partir das 16h (horário de Brasília).


Fonte: +Mais e-Sports